Joinville terá evento de conscientização sobre a Pessoa Idosa

2096

Celebra-se nesta quinta-feira (15), o Dia de Não Violência contra a Pessoa Idosa. Em virtude disso, o COMDI – Conselho Municipal dos Direitos do Idoso, participa de um evento coordenado pela Mitra Diocesana, em parceria com a Fundação 12 de Outubro. O evento acontece à partir das 14h, na Praça Nereu Ramos. No local, serão distribuídos folders informando e orientando sobre o assunto, e também o Sr. Milton Américo dos Santos, presidente do COMDI, discursará sobre as ações.

Conscientização:

No Brasil, a cada hora, uma média de 5 denúncias de violência contra idosos são registradas, segundo a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República. Em Joinville, de 569.645 habitantes, 56.000 são idosos, segundo o IBGE. Em Santa Catarina, 10,5% dos 6.910.553 habitantes são idosos, onde a expectativa de vida chega a 78,1 anos. Desses tantos idosos, segundo o Conselho Nacional Dos Direitos do Idoso (CNDI), no Brasil, violência e agressão são a segunda maior causa de internação de pessoas idosas (27%), atrás apenas de quedas (53%).

Os tipos de violência contra a pessoa idosa são diversos: abuso físico, maus-tratos físicos ou violência física; abuso psicológico, violência psicológica ou maus-tratos psicológicos; abuso sexual, violência sexual; abandono; negligência; abuso financeiro e econômico; auto-negligência.

Segundo a Constituição Federal do Brasil (Art. 229), os pais têm o dever de assistir, criar e educar os filhos menores, e os filhos maiores têm o dever de ajudar e amparar os pais na velhice, carência ou enfermidade. No artigo seguinte, acrescenta que família, sociedade e Estado têm o dever de amparar os idosos, assegurar sua participação na comunidade, defender sua dignidade e bem-estar, e garantir-lhes o direito à vida.

COMPARTILHAR